Abrir acesso rápido Acesso Rápido
Fechar acesso rápido Fechar
Icone de leitura

3 min de leitura

Icone de usuário

Redação SC Inova

 Icone de agenda

19 de fevereiro de 2024

Perspectiva 2024-2029: Ágora começa a traçar estratégias para os próximos 5 anos

Transformar o Ágora Tech Park em um ambiente referência em matchmaking no Brasil até 2029. Com essa premissa, o parque tecnológico localizado no Perini Business Park inicia em 2024 com foco na definição de seu planejamento estratégico para os próximos cinco anos.  

Os primeiros passos foram delineados pela equipe gestora do Ágora e será validada ao longo do ano a partir de reuniões periódicas e um evento com participação de lideranças do ecossistema (investidores, parceiros, empreendedores e Conselho de Administração do parque), além de representantes da comunidade. 

Inicialmente, foram quatro pilares definidos como Objetivos e Resultados-Chave (OKRs) para o próximo quinquênio (2024/2029): fortalecer a governança e a sustentabilidade financeira; estimular o ecossistema de inovação no Norte catarinense; desenvolver as verticais de Saúde, Cidades Inteligentes e Indústria 4.0; e ser referência nacional em inovação aberta entre mercado e Instituições de Ciência & Tecnologia (ICTs). 

“No curto prazo, nosso foco será o desenvolvimento e a consolidação do programa de inovação aberta Ágora.Connect, que já teve início ao longo de 2023 e que ganha força a partir da inauguração do Ágora UNI, em meados deste ano. Mas o planejamento estratégico que estamos traçando terá como meta de médio e longo prazo estimular a participação ativa dos stakeholders do parque, além de reforçar o alinhamento estratégico com as metas estabelecidas no roadmap. Todas as ações e decisões devem estar alinhadas com a missão e os valores do Ágora Tech Park”, avalia Emerson Edel, diretor presidente do Instituto Ágora. 

ROADMAP 2029

Para o próximo biênio (2024/2025), o roadmap do parque tecnológico prevê a consolidação do Ágora.Connect, principal plataforma de projetos do living lab de inovação aberta entre mercado e academia Ágora UNI. O Connect já reuniu no final de 2023 pesquisadores e heads de inovação para começar a desenhar os drivers que vão nortear a conexão real entre as demandas do setor produtivo e o potencial de P&D dos ICTs (pesquisadores, professores, alunos, ecossistema acadêmico). 

A partir deste desenvolvimento, o Ágora pretende expandir a captação de recursos para novos projetos, visando a atração de players internacionais – e assim ganhar impulso como player além das fronteiras nacionais. Um plano ousado para marcar a primeira década do projeto que ajudou a materializar, desde a inauguração em 2019, o ecossistema de inovação de Joinville. 

“O planejamento para os próximos cinco anos nos deixará com uma missão bem clara com relação aos objetivos que queremos atingir e superar. Somos movidos por desafios e temos a certeza que iremos construir uma base ainda mais forte para o crescimento do ecossistema unindo todas as hélices da inovação: academia, setor público, mercado e sociedade”, conclui Altair Assumpção, presidente do Conselho de Administração do Ágora.

Notícias relacionadas

Mais notícias Botão seta para direita

Startup Orcon, de Joinville, vence Super Pitch Day e terá R$ 155 mil em fomento para expandir

Fintechs do ecossistema Ágora expandem e anunciam novos projetos para 2024

Ágora Tech Park lança programa para atração de startups